Sunday, 13 August 2017

Petiscos & Petiscos, Tomo III

Este vosso contador de estórias do tacho, volta hoje aqui a este espaço, com novo capitulo da novela Petiscos & Pesticos, novela essa dedicada a fights de picar no prato e bebericar umas pomadas. Hoje, é dia de vos levar a mais um sítio improvável: São Mamede do Coronado, Trofa.





Nome: Restaurante Peixoto
Data da visita: Março de 2017
Localização: São Mamede do Coronado
Comentário: quando acima disse sítio improvável, não estava a brincar. O sítio é bastante desinteressante e provavelmente só por lá andará se viajar em trabalho na variada industria que se encontra na região.  A casa situa-se numa zona residencial, com parque privado, porém a zona envolvente é de facil estacionamento. E realço isto, pois por hora das refeições a casa enche...e olhe que não é de todo pequena, muito pelo contrário, pelo que apesar da disponibiliadade de espaço para parqueamento, momentos há que não é tarefa facil. Um dos motivos pelo qual isto acontece é porque o spot é bastante concorrido, não apenas por não haver muita oferta na zona, mas também por gozar de boa fama por quem o frequenta. À hora de almoço e jantar opera de forma standard servindo pratos do dia e à carta, à base de comida tradicional portuguesa. Fora dos horários de refeição funciona em "modo petiscos". Foi neste modo que conheci o Peixoto.
Sentado e instalado, é dada analisar uma carta com bastante oferta de petiscos. Bastante mesmo. Arrisco dizer que pode o comensal escolher sobre uma oferta de mais de uma dúzia de opções. Para este fight inaugural "limitamos" a escolha a:

  • Bucho com cebolada
  • Orelheira de porco bem regada com azeite, salsa e cebola. Sim, salsa! Estamos no norte e seria impensável arriscar pelos coentros... A orelheira foi servida de uma forma no mínimo original: inteira ao invés de cortadada em pequenos pedaços, como é usual. Nada contra da minha parte.
  • Cordorniz. Frita em vez de estufada. Like!
  • Para o aconchego, umas papas de sarrabulho bem polvilhadas com cominhos, como eu gosto.

Tudo estava muito bom, cheio de sabor e a saber a comida caseira. Gostei particularmente das papas que estavam bastante frescas.
Para acompanhar, apesar de ter iniciado o fight com cerveja, rapidamente se mudou para o verde da casa, um branco adamado de Ponte de Lima. Servido bem fresco num jarro de 1L, mostrou estar à altura do desafio.
No que a preço diz respeito, este fight em particular ficou na casa dos 8€/pax. Claro que irá sempre depender do que se comer, a quantidade e do que se beber. Posso no entanto adiantar que depois desta tainada de 3 pratos e umas papas, já não houve espaço para o jantar. Fechou o tasco nesse dia! Considero portanto um valor perfeitamente adequado.
Repeteco? Claro que sim! Seja para o "modo petisco" como para as diárias no dia a dia, em que é possivel comer (muito) bem, um menu com pão, prato e bebida por 5€, ou 6,90€ se optar por sobremesa, been there done that.


Aproveite para seguir o Lambetacho no Bloglovin    Follow

2 comments:

  1. Caro Lambetacho,
    Já estava com saudades de seus comentários gastronômicos, pela água na boca que provocam.. Minha mulher também se tornou fã de seu blog.
    Abraço amigo do Cesar, desde Miami.

    ReplyDelete
  2. Great post on "Petiscos & Petiscos, Tomo III". As a professional chef i have to appreciate your work. Keep Posting useful posts like this. Keep in touch with my websites- Culinary Institute | Chef Training Institute

    ReplyDelete