Saturday, 23 April 2016

Toiros e gastronomia

Outrora apelidada de "deserto", a zona oriental da margem sul tem uma identidade muito propria. Custa por vezes acreditar que uns simples 17kms de betão e alcatrão, separam a vibrante e luminosa cidade capital da pacata Montijo, das casas térreas e brancas e extensos campos. Vamos mais uma vez até à Lisbon South bay,....east side (!)





Nome: Casa das Enguias
Data da visita: Março 2016
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Comentário: a Casa das Enguias, é para mim, uma dos mais carismáticos spots de toda a zona. Típica casa de beira de estrada nacional, a decoração é dominada pela temática tauromática, como aliás é muito comum por estas bandas. A sala é espaçosa com a mesas dispostas de forma a permitir receber um numero elevado de comensais, que fazem com que a casa esteja constantemente perto da sua lotação máxima, seja aos almoços à semana ou ao jantar em finais de semana. O staff  esse, é eficiente e simpático e em menos de nada, somos confrontados com um prato de finas fatias de presunto de porco preto com pão regional, fantástico btw, enquando perscrutamos a ementa. Essa é diversificada tanto em ofertas de peixe como de carne. Como o nome indica a especialidade da casa são as enguias, servidas em ensopado ou fritas. Não neste fight, mas noutros passados, provei as enguias fritas como entrada e gostei, reconhecendo porém que não é um prato consensual, e que muitos recusam sequer provar, muito devido as aspeto do bicho. Se o leitor é dos que não se deixa afetar por isso ou se é mesmo um apreciador do pitéu, então a Casa das Enguias é ponto de paragem obrigatório para degustar este peixe. Já conheço esta casa há algum tempo e é seguro afirmar que tudo é bom, desde o bacalhau cozido com grão, ao cozido à portuguesa e os famosos bifinhos de porco preto com batatas "à maricas" ... fica já o pedido de desculpas à comunidade LGBT, mas é esse o nome que dão à forma de servir as batatas, que são fritas e envoltas em ovo estrelado. Mas este era dia para outro pitéu, também ele um habitual da carta da casa: choco frito com arroz de berbigão, a lembrar que Montijo é distrito de Setúbal. A dose é generosa e o choco de excelente qualidade é frito na hora servido estaladiço e rijinho. O arroz, é na minha opinião um caso de policia, de tão fantástico que é. Bem apurado, cozido al dente  com travo a coentros, é uma forma diferente e original de acompanhar o cefalópode. Coube ao tinto da casa, servido em caneca, acompanhar o petisco. Apesar de não ter questionado, os aromas frutados, a simplicidade e facilidade do néctar levou-se a crer que se seria da região, ou seja um terras do Sado. Esteve à altura.
Para sobremesa, a aposta foi para o doce da casa, que apesar de ser o "clássico" doce de leite condensado com bolacha e natas, fez jus à minha interpretação desta casa em que "tudo é bom". 
Finalizado o fight e pedida a conta, calhou algo a rondar os 22€/pax, um valor mais do que justo para a qualidade do repasto.
Repeteco? Já "repetiquei", e "repeticarei" sempre que surgir a oportunidade. A Casa das Enguias é um ponto de referência imperdível do Montijo.


Aproveite para seguir o Lambetacho no Bloglovin    Follow

Casa das Enguias Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 comments:

  1. Muito bem, este era uma daqueles fights que estava claramente em falta no Mypornfood, mas não perdeu pela demora o grande post :). É claramente um dos grandes clássicos da Margem Sul onde a qualidade está em tudo o que possamos pedir, desde as entradas (sublinho aqui o queijo fresco) aos vários pratos de peixe e carne e claro as respectivas enguias. Eu diria que este é um daqueles restaurantes que irá continuar por várias décadas no meu mapa de repetecos ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. sem duvida. para mim está no top 3 da margem sul

      Delete